30 frases de Augusto dos Anjos para quem ama poesia com toque sombrio

Apelidado de “Doutor Tristeza”, Augusto dos Anjos foi um dos poetas mais famosos da geração que antecedeu o modernismo no Brasil. Seus poemas melancólicos não condizem com nenhum movimento literário e transitam entre o Simbolismo, o Parnasianismo e o Naturalismo. Se você gosta do estilo mais rebuscado e soturno desse poeta, então confira essas frases de Augusto dos Anjos!

Frases de Augusto dos Anjos que são verdadeiros deleites para os amantes de poesia nacional

A esperança não murcha, ela não cansa, também como ela não sucumbe a crença. Vão-se sonhos nas asas da descrença, voltam sonhos nas asas da esperança.

A esperança não murcha, ela não cansa, também como ela não sucumbe a crença. Vão-se sonhos nas asas da descrença, voltam sonhos nas asas da esperança.

Para iludir a minha desgraça, estudo. Intimamente sei que não me iludo!

Publicidade

Eu, filho do carbono e do amoníaco, monstro de escuridão e rutilância. Sofro desde a epigênese da infância, a influência má dos signos do zodíaco.

O beijo, amigo, é a véspera do escarro, a mão que afaga é a mesma que apedreja.

O beijo, amigo, é a véspera do escarro, a mão que afaga é a mesma que apedreja.

Falas de amor, e eu ouço tudo e calo! O amor na humanidade é uma mentira. É. E é por isto que na minha lira de amores fúteis poucas vezes falo.

Vês! Ninguém assistiu ao formidável enterro de tua última quimera.

Somente a ingratidão – esta pantera – foi tua companheira inseparável!  Acostuma-te à lama que te espera!

Somente a ingratidão – esta pantera – foi tua companheira inseparável! Acostuma-te à lama que te espera!

Que ninguém doma um coração de poeta!

Ah! Dentro de toda a alma existe a prova de que a dor como um dardo se renova quando o prazer barbaramente a ataca.

Publicidade
Por trás dos ermos túmulos, um dia, eu fui refugiar-me à tua porta! Fazia frio e o frio que fazia, não era esse que a carne nos conforta...

Por trás dos ermos túmulos, um dia, eu fui refugiar-me à tua porta! Fazia frio e o frio que fazia, não era esse que a carne nos conforta...

Para onde fores, Pai, para onde fores, irei também, trilhando as mesmas ruas… Tu, para amenizar as dores tuas, eu, para amenizar as minhas dores!

Que importa a mim que a bicharia roa todo o meu coração, depois da morte?! Ah! Um urubu pousou na minha sorte!

Andam monstros sombrios pela estrada e pela estrada, entre esses monstros, ando!

Andam monstros sombrios pela estrada e pela estrada, entre esses monstros, ando!

Publicidade

Bati nas pedras dum tormento rude e a minha mágoa de hoje é tão intensa, que eu penso que a Alegria é uma doença, e a Tristeza é minha única saúde.

Meu coração tem catedrais imensas, templos de priscas e longínquas datas, onde um nume de amor, em serenatas, canta a aleluia virginal das crenças.

Se algum dia o prazer vier procurar-me, dize a este monstro que eu fugi de casa!

Se algum dia o prazer vier procurar-me, dize a este monstro que eu fugi de casa!

Pois é mister que, para o amor sagrado, o mundo fique imaterializado - Alavanca desviada do seu fulcro.

No desespero dos iconoclastas, quebrei a imagem dos meus próprios sonhos!

No entanto, o mundo é uma ilusão completa, e não é a esperança por sentença, este laço que ao mundo nos manieta?

No entanto, o mundo é uma ilusão completa, e não é a esperança por sentença, este laço que ao mundo nos manieta?

Sabes que é Deus?! Esse infinito e santo Ser que preside e rege os outros seres, que os encantos e a força dos poderes reúne tudo em si, num só encanto?

Publicidade

Deus é o templo do Bem. Na altura Imensa, o amor é a hóstia que bendiz a Crença, ama, pois, crê em Deus, e... sê bendita!

Hoje que a mágoa me apunhala o seio, e o coração me rasga atroz, imensa. Eu a bendigo da descrença, em meio, porque eu hoje só vivo da descrença.

Hoje que a mágoa me apunhala o seio, e o coração me rasga atroz, imensa. Eu a bendigo da descrença, em meio, porque eu hoje só vivo da descrença.

E haja só amizade verdadeira duma caveira para outra caveira, do meu sepulcro para o teu sepulcro?!

Provo que a mais alta expressão da dor consiste essencialmente na alegria.

Cansado de chorar pelas estradas. Exausto de pisar mágoas pisadas. Hoje eu carrego a cruz das minhas dores.

Cansado de chorar pelas estradas. Exausto de pisar mágoas pisadas. Hoje eu carrego a cruz das minhas dores.

Para desvirginar o labirinto do velho e metafísico Mistério, comi meus olhos crus no cemitério, numa antropofagia de faminto!

Chora – o orvalho do pranto lhe perola as faces maceradas de desgosto.

Tenta às vezes, porém, nervosa e louca esquecer por momento a mágoa intensa, arrancando um sorriso à flor da boca.

Tenta às vezes, porém, nervosa e louca esquecer por momento a mágoa intensa, arrancando um sorriso à flor da boca.

No alheamento da obscura forma humana, de que, pensando, me desencarcero, foi que eu, num grito de emoção, sincero encontrei, afinal, o meu Nirvana!

Gozo o prazer, que os anos não carcomem, de haver trocado a minha forma de homem pela imortalidade das Ideias!

A poesia é sempre um pedaço da história de qualquer cultura! Se você gosta desse estilo de escrita, então confira também essas
frases de Cecília Meireles e conheça mais dessa escritora multifacetada.


 

Escrevo textos, leio uns livros e conto tudo para as minhas gatas.

 

Gostou dessas frases? Compartilhe!