30 frases de Hilda Hilst que são arrebatadoras

Hilda Hilst foi uma das maiores vozes da literatura brasileira do século XX. Inovadora e visceral, sua obra abordou: vida, morte, miticismo, amor e loucura. Há quem diga que a escritora foi hermética, porém, mais que isso, ela conseguiu capturar a inquietude do ser, o caos do mundo. Assim, confira lindas frases de Hilda Hilst e inspire-se com essa grande mulher!

Frases de Hilda Hilst que ressignificam a nossa vida

Vontade de não dar sentido algum às coisas, às palavras e à própria vida. Assim como é a vida na realidade ausente de sentido.

Vontade de não dar sentido algum às coisas, às palavras e à própria vida. Assim como é a vida na realidade ausente de sentido.

Desses nadas do dia a dia que vão consumindo a melhor parte de nós, queria te falar do fardo quando envelhecemos, do desaparecimento, dessa coisa que não existe, mas é crua, é viva: o tempo.

Que este amor não me cegue nem me siga. E de mim mesma nunca se aperceba.

A minha casa é guardiã do meu corpo e protetora de todas minhas ardências.

A minha casa é guardiã do meu corpo e protetora de todas minhas ardências.

Alguns doutos em ciências descobriram que quanto maior o intestino, mais místico o indivíduo. E quem mais místico que Deus? Grande Intestino, orai por nós.

Que gosto esse do tempo, de estancar o jorro de umas vidas.

Olha-me de novo. Com menos altivez e mais atento.

Olha-me de novo. Com menos altivez e mais atento.

Aflição de te amar, se te comove. E sendo água, amor, querer ser terra.

Tempo turquesa e prata, meu ódio-amor, senhor da minha vida. Lembra-te de nós. Em azul. Na luz da caridade.

Quem és? Perguntei ao desejo. Respondeu: lava. Depois pó. Depois nada.

Quem és? Perguntei ao desejo. Respondeu: lava. Depois pó. Depois nada.

Porque há desejo em mim, é tudo cintilância.

Contempla o teu viver que corre, escuta o teu ouro de dentro. É outro o amarelo que te falo.

Costuro o infinito sobre o peito.

Costuro o infinito sobre o peito.

Minha medida? Amor. E tua boca na minha imerecida.

Que dor de abraços. Que dor de transparência. E gestos nulos, derretidos retratos, fotos fitas.

Em cada canto da casa, evidência veemente do teu rosto.

Em cada canto da casa, evidência veemente do teu rosto.

O desejo, esse da carne, a mim não me faz medo.

Recaminhei casas e paisagens, buscando-me a mim, minha tua cara.

Atravessei o sol, toquei o muro de dentro dos amigos.

Atravessei o sol, toquei o muro de dentro dos amigos.

Busquei a luz e o amor. Humana, atenta. Como quem busca a boca nos confins da sede.

Saber-se pertencente é ter mais nada. É ter tudo também. É como ter o rio, aquele que deságua nas infinitas águas de um sem-fim de ninguéns.

Como se tudo o mais me permitisses, a mim me fotografo nuns portões de ferro.

Como se tudo o mais me permitisses, a mim me fotografo nuns portões de ferro.

Os sentimentos vastos não têm nome.

Colada à tua boca a minha desordem. O meu vasto querer.

Te amo, ainda que isso te fulmine ou que um soco na minha cara me faça menos osso e mais verdade.

Te amo, ainda que isso te fulmine ou que um soco na minha cara me faça menos osso e mais verdade.

Paixão é a grossa artéria jorrando volúpia e ilusão, é a boca que pronuncia o mundo, púrpura sobre a tua camada de emoções, escarlates sobre a tua vida, paixão é esse aberto do teu peito, e também teu deserto.

Viver é afundar-se em cada caminhada.

Amar o perecível, o nada, o pó, é sempre despedir-se.

Amar o perecível, o nada, o pó, é sempre despedir-se.

Quero e queria ser boi. Ser flor. Ser paisagem. Sentir a brisa da tarde.

Livrai-me, Senhor, dos abestados e atoleimados.

Hilda consegue revirar nosso lado de dentro, não é mesmo?! Para continuar nesse clima poético e inspirador, confira também as frases de Clarice Lispector e se deleite com a intensidade dessa rainha da literatura.


Frases selecionadas por Suélen Dominguês.

Gostou dessas frases? Compartilhe!