35 frases de Olavo Bilac para saudar este memorável poeta brasileiro

Nascido em 16 de dezembro de 1865, Olavo Brás Martins dos Guimarães Bilac foi um renomado poeta, jornalista e contista brasileiro. Natural do Rio de Janeiro, Olavo marcou história na literatura como membro fundador da Academia Brasileira de Letras, além de ter escrito o Hino à Bandeira do país. Para homenagear seu brilhantismo e genialidade parnasiana, selecionamos as melhores frases de Olavo Bilac. Confira!

Frases de Olavo Bilac que homenageiam o "príncipe dos poetas brasileiros"

Depois do sonho, é triste a realidade!

Depois do sonho, é triste a realidade!

Beijo extremo, meu prêmio e meu castigo. Batismo e extrema-unção. Naquele instante por que, feliz, eu não morri contigo?

Publicidade

Foste o beijo melhor da minha vida, ou talvez o pior... Glória e tormento, contigo à luz subi do firmamento, contigo fui pela infernal descida!

Há numa vida humana cem mil vidas. Cabem num coração cem mil pecados!

Há numa vida humana cem mil vidas. Cabem num coração cem mil pecados!

Olha: não posso mais! Ando tão cheio deste amor, que minha alma se consome de te exaltar aos olhos do universo...

Maldita sejas pelo ideal perdido! Pelo mal que fizeste sem querer! Pelo amor que morreu sem ter nascido! Pelas horas vividas sem prazer!

Já repararam como se queixam de falta de tempo as pessoas que nada fazem?

Já repararam como se queixam de falta de tempo as pessoas que nada fazem?

A pátria não é a raça, não é o meio, não é o conjunto dos aparelhos econômicos e políticos: é o idioma criado ou herdado pelo povo.

Basta de enganos! Mostra-me sem medo aos homens, afrontando-os face a face: Quero que os homens todos, quando eu passe, invejosos, apontem-me com o dedo.

Publicidade
O único meio de criar homens livres é educá-los, outro modo ainda não se inventou e, com certeza, nunca se inventará.

O único meio de criar homens livres é educá-los, outro modo ainda não se inventou e, com certeza, nunca se inventará.

E mais eleva o coração de um homem, ser de homem sempre e, na maior pureza, ficar na terra e humanamente amar.

Há quem me julgue perdido, porque ando a ouvir estrelas. Só quem ama tem ouvido para ouvi-las e entendê-las.

Deus me deu por gaiola a imensidade: Não me roubes a minha liberdade... Quero voar! Voar!

Deus me deu por gaiola a imensidade: Não me roubes a minha liberdade... Quero voar! Voar!

Publicidade

Saudades: presença dos ausentes.

Não és bom nem és mal... És triste e humano.

Não me basta saber que sou amado, nem só desejo o teu amor: desejo ter nos braços teu corpo delicado... Ter na boca a doçura de teu beijo.

Não me basta saber que sou amado, nem só desejo o teu amor: desejo ter nos braços teu corpo delicado... Ter na boca a doçura de teu beijo.

Não choremos, amigo, a mocidade; envelheçamos rindo, envelheçamos como as árvores fortes envelhecem, na glória da alegria e da bondade, agasalhando os pássaros nos ramos, dando sombra e consolo aos que padecem.

Anseio delirante, na perpétua saudade de um minuto.

Tudo sem ti, fica depois deserto.

Tudo sem ti, fica depois deserto.

O amor é uma árvore ampla e rica De frutos de ouro e de embriaguez: infelizmente frutifica apenas uma vez.

Publicidade

Porque a beleza, gêmea da verdade, arte pura, inimiga do artifício, é a força e a graça na simplicidade.

Os anos, que vão passando, vão nos matando sem dó.

Os anos, que vão passando, vão nos matando sem dó.

Quem ama inventa as penas em que vive: E, em lugar de acalmar as penas, antes busca novo pesar com que as avive.

E eu olho o céu deserto, e vejo o oceano triste, e contemplo o lugar por onde te sumiste, banhado no clarão nascente do arrebol.

Já está amanhecendo, deem-me café, papel e pena, eu vou escrever.

Já está amanhecendo, deem-me café, papel e pena, eu vou escrever.

Mas tua alma ficou, livre da desventura, docemente sonhando, as delícias da lua, entre as flores, agora, uma outra flor fulgura, guardando na corola uma lembrança tua.

A maior baixeza não há que a terra pelo céu trocar; E mais eleva o coração de um homem ser de homem sempre e, na maior pureza, ficar na terra e humanamente amar.

Que fazer para ser como os felizes? Ama!

Que fazer para ser como os felizes? Ama!

O medo é o pai da crença.

Não sei de glória mais alta do que a glória de quem ama!

Só quem ama pode ter ouvido, capaz de ouvir e entender estrelas.

Só quem ama pode ter ouvido, capaz de ouvir e entender estrelas.

Versos e amores sufoquei calando, sem os gozar numa explosão sincera... Ah! Mais cem vidas! Com que ardor quisera mais viver, mais penar e amar cantando!

O teu sorriso, criança, cai sobre os martírios meus, como um clarão de esperança, como uma benção de Deus!

Espera ao menos que desponte a aurora! Tua alcova é cheirosa como um ninho... E olha que escuridão há lá por fora!

O amor que a teu lado levas, a que lugar te conduz, que entras coberto de trevas e sais coberto de luz?

O amor que a teu lado levas, a que lugar te conduz, que entras coberto de trevas e sais coberto de luz?

Com certeza, Olavo Bilac fez história na literatura brasileira, assim como outros grandes poetas e escritores do país. Por isso, também separamos essas incríveis frases de Mário Quintana. Vale a pena conferir!


 

Psicóloga apaixonada por literatura e psicanálise. Acredito que as palavras, escritas ou faladas, têm o poder de transformar.

 

Gostou dessas frases? Compartilhe!